Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Fluminense ignora reservas do Flamengo e goleia rival por 4 a 0 na Arena Pantanal

Jornal do Brasil

O Fluminense aproveitou a sua boa fase e a oportunidade de enfrentar o rival Flamengo com um time reserva para golear por 4 a 0, neste sábado, na Arena Pantanal, em Cuiabá, pela segunda rodada da Taça Rio - o segundo turno do Campeonato Carioca. Além de liderar o Grupo C com seis pontos, o clube tricolor quebrou um jejum de nove jogos sem vitórias sobre o rival rubro-negro, ainda com três pontos no Grupo B.

Esta foi a primeira vez que o "Clássico das Multidões" foi disputado na capital do Mato Grosso. Um lugar que dá azar ao Flamengo, que em quatro vezes perdeu três e empatou uma. O Fluminense entrou em campo motivado pela série de sete jogos sem perder na temporada, incluindo a Copa do Brasil, enquanto que o rival priorizou a sua participação na Copa Libertadores.

Nesta quarta-feira, o Flamengo estreia contra o River Plate, da Argentina, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, com portões fechados. O clube foi punido por dois jogos pelos incidentes causados por seus torcedores na final da Copa Sul-Americana, em dezembro, quando perdeu o título para o Independiente. O Fluminense vai jogar na quinta, em casa, contra o Avaí pela terceira fase da Copa do Brasil.

O Fluminense entrou em campo motivado pela série de sete jogos sem perder na temporada

Campeão da Taça Guanabara e com vaga garantida nas semifinais do Campeonato Carioca, o técnico flamenguista Paulo César Carpegiani garantiu antes do jogo que "não temos um time titular, somos um todo". Na prática, ele se deu mal porque os jogadores escalados decepcionaram dentro de campo. O domínio foi todo do rival, que venceu com facilidade. Até então em sete jogos, o Flamengo só tinha sofrido um gol e não tinha perdido. Estes números caíram por terra.

Os comandados do técnico Abel Braga começaram o jogo a todo vapor. Tanto que abriram o placar ainda no primeiro minuto. Após levantamento para a área, os zagueiros Léo Duarte e Thuler bateram cabeça e a bola sobrou livre para Marcos Júnior chutar cruzado no canto direito do goleiro Diego Alves.

O Flamengo deu pinta de reagir aos cinco minutos, quando Marlos aproveitou ajeitada de Felipe Vizeu e acertou o pé da trave direita de Júlio César. Mas não passou de um raro lance porque o Fluminense dava as cartas em campo e ampliou aos 17 minutos. Após escanteio, Renato Chaves desviou de cabeça e na rebatida da defesa a bola bateu no peito de Pedro, que chutou de primeira.

Sem criar na frente, o Flamengo ainda levou o terceiro gol aos 42 minutos. Marcos Júnior chutou de fora e Diego Alves fez grande defesa. Mas o rebote caiu na frente de Gilberto, dentro da pequena área, que tocou com a sola do pé para as redes. Com 3 a 0 no placar, os flamenguistas desceram para os vestiários debaixo de vaias.

DUAS TROCAS - Na volta do intervalo, Paulo César Carpegiani entrou com duas novidades: Jean Lucas e Geuvânio, respectivamente, nos lugares de Romulo e Marlos. Mas não deu tempo dele arrumar a casa. Aos 10 minutos, o Fluminense ampliou. Gilberto arrancou pelo lado direito e cruzou para Marcos Júnior se antecipar à defesa e desviar de cabeça - sétimo gol dele na temporada.

O tempo fechou aos 15 minutos, quando Marcos Júnior dividiu uma bola com Diego Alves e o zagueiro Léo Duarte assumiu as dores e foi tirar satisfação. Houve um empurra-empurra entre os jogadores e os dois personagens - Marcos Júnior e Léo Duarte - foram amarelados. Em seguida, Abel Braga poupou o seu artilheiro com a entrada de Robinho.

Não houve mais jogo. Aos 38 minutos, Cuéllar cometeu falta violenta sobre Pablo Dyego e recebeu o segundo cartão amarelo e, em seguida, o vermelho. Era a senha para que os dois times diminuíssem o ritmo, tocando a bola até o apito final.

O curioso é que os dois clubes tinham ido para Cuiabá em voo fretado, com cada time sentando de um lado do avião. E voltaria às 20 horas para o Rio de Janeiro na mesma aeronave. Certamente com um lado só feliz da vida.

Pela terceira rodada da Taça Rio, os dois times vão jogar no próximo final de semana. No sábado, o Flamengo vai disputar outro clássico, desta vez diante do Botafogo e com local ainda indefinido. O Fluminense enfrenta o Volta Redonda no domingo, no Rio de Janeiro.

Fonte: Estadão Conteúdo



Tags: classico, esporte, fla, flu, futebol, jogo

Compartilhe: