Jornal do Brasil

Quarta-feira, 29 de Julho de 2015

Esportes

Para aceitar proposta do Flamengo, Kleber pede para sair do Palmeiras

Revoltado com especulações, atacante chama dirigente de covarde e mau caráter

Jornal do Brasil

Finalmente o Palmeiras admitiu que a ausência de Kleber nos últimos jogos tem relação com uma possível transferência para o Flamengo. Em entrevista à rádio Estadão/ESPN, o vice-presidente de futebol do clube paulista, Roberto Frizzo, revelou que o atacante ficou tentado com a proposta de Patrícia Amorim. A mandatária rubro-negra elogiou publicamente Kleber nas últimas semanas, dando a entender que o jogador era "a cara" do Flamengo. 

"No sábado, Kleber sentou na minha frente e disse “eu quero sair”. Eu disse a ele que não queria que ele saísse, e ele respondeu: “Ah, mas tem fulano que ganha mais”. Tentei argumentar, dizendo que essa situação não fui eu que criei, foi a diretoria anterior, mas o Palmeiras honra seus compromissos. Isso não quer dizer que a gente não te reconheça", disse Frizzo. Ele disse que o jogador se sentiu tentado pelas investidas rubro-negras. 

" Ele disse: 'Ah, mas a Patrícia disse que me ama, que eu sou a cara do Flamengo'. Ora, ela é uma pessoa pública e fala para o eleitorado dela, está jogando para a torcida dela", avaliou o dirigente. 

Kleber vive relacionamento conturbado com a diretoria do Palmeiras
Kleber vive relacionamento conturbado com a diretoria do Palmeiras

Com bases salariais já acertadas com o Flamengo, Kleber precisa apenas acertar a sua saída com a diretoria do Palmeiras. O clube carioca ofereceu 6 milhões de euros aos paulistas pelo atleta, mas o Verdão reluta em liberá-lo. 

Contra-ataque

Revoltado com as declarações de Frizzo, Kleber rebateu e criticou duramente o dirigente, chegando a chamá-lo de mau caráter. O atacante garantiu que tem um laudo comprovando que ficou ausente nos últimos jogos graças a uma lesão, e não para facilitar sua transferência para o Flamengo. 

"O laudo diz que tem a lesão, quem sente a dor sou eu, não tem nada a ver uma coisa com a outra. Se o Frizzo não é homem, não tem caráter, fica se escondendo o tempo todo e quer me colocar contra a torcida, não é problema meu. Conversamos na semana passada, ele disse que sabia da proposta do Flamengo e que iria conversar com o departamento financeiro e que voltaria a falar comigo. Só que depois disso, ele não atendeu mais o Giuseppe Dioguardi (empresário) e nem falou comigo. Ele é medroso, mau-caráter", atacou o jogador, em entrevista à TV Globo.

Tags: Campeonato Brasileiro, Flamengo, Kleber, palmeiras

Compartilhe: