Jornal do Brasil

Sábado, 27 de Maio de 2017

País - Eleições 2016

Prefeito de Manaus destaca experiência política para administrar capital do AM

Agência Brasil

Reeleito em Manaus, o prefeito Arthur Vírgílio Neto, do PSDB, festejou a vitória contra o candidato Marcelo Ramos, do PR, no comitê de campanha na zona leste da cidade. Em seu primeiro discurso, ele destacou a importância da experiência política para administrar a capital amazonense em um momento de crise econômica no estado e no país.

“Os anos de 2017 e de 2018 serão anos muito difíceis. Nós temos que ter gente experiente no timão dessa cidade para atravessá-la para o outro lado do rio. É um barco que não pode adernar, um barco que não vou deixar afundar. O estado quebrou, mas Manaus não vai quebrar. É preciso gestão e a gestão vem a partir da boa fé, da experiência, da criatividade positiva que nasce da própria experiência. Eu vou usar sempre tudo isso em favor da cidade que eu amo, da cidade onde eu nasci”, disse o prefeito

Arthur Virgílio tem 70 anos e foi eleito prefeito de Manaus pela terceira vez. Ele já foi deputado federal, senador e ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República no governo de Fernando Henrique Cardoso.

O prefeito disse que a implantação do BRT, um tipo de sistema de transporte rápido com ônibus, será uma das prioridades nos próximos quatro anos e que espera ajuda do governo federal. Arthur Virgílio disse ainda que o vice, Marcos Rotta, ficará a frente do projeto e de outras iniciativas importantes para administração da cidade.

“Eu preciso de ajuda federal. Eu conto com essa ajuda. O nosso BRT sairá do papel. Nós estamos em tratativas avançadas com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, porque o BRT é uma saída para esse cansado modelo de transporte coletivo que nós temos”, disse Arthur Virgílio.

O prefeito obteve 55,96% dos votos válidos, contra 44,04% de Marcelo Ramos. Arthur recebeu quase 124 mil votos a mais em relação ao adversário. Nesse domingo, 1.137.653 eleitores compareceram às urnas em Manaus. O percentual de abstenções, ficou em 9,50%, o de votos em branco em 2,92% e de nulos em 9,50%.

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) e órgãos estaduais de segurança classificaram como tranquilo o segundo turno da eleição para prefeito na capital. Dezoito urnas, das 3.322 disponibilizadas, precisaram ser substituídas. Duas pessoas foram detidas por suspeita de compra de votos. Também houve denúncia de compra de votos em um posto de combustíveis.

“Esse segundo turno teve um aspecto bem diferente, foi bem mais tranquilo em número de ocorrências, de situações de maior relevo tanto para as polícias Federal, Civil e Militar, para a Justiça, Forças Armadas e Ministério Público Federal. Todas essas denúncias serão apuradas pela PF quanto pelo MPF e, posteriormente, caso seja constatada algum tipo de irregularidade eleitoral relevante, que possa causar gravidade ou alterar o resultado do pleito, isso certamente será levado para a Justiça Eleitoral para punir os eventuais responsáveis”, disse o Procurador Regional Eleitoral, Vitor Riccely.

Tags: arthur, eleicoes2016, manaus, Neto, segundo, turno, virgilio

Compartilhe: