Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

País - Eleições 2012

Dilma abrirá concessão do Galeão a empresários até outubro, diz Cabral

Jornal do BrasilLuciano Pádua

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, ao participar da abertura do 1º Congresso Internacional do Conselho Nacional dos Procuradores Gerais (CNPG), anunciou para setembro ou outubro a definição da presidente Dilma Rousseff em torno da concessão da gestão do Aeroporto Internacional do Tom Jobim, o Galeão. 

Segundo ele,  a presidente "está convencida que há necessidade de uma mudança de gestão. A Infraero e o ministro da aviação também concordam com isso, então não há nenhuma divergência dentro do governo sobre a questão”.

Na quarta-feira (15), a presidente Dilma divulgou um pacote de investimentos da ordem de R$ 133 bilhões nos próximos 25 anos em rodovias e ferrovias, através de concessões à iniciativa privada. 

Para Cabral, tornar o espaço aeroviário em concessionado é um benefício para o Estado, porque daria mais "agilidade" aos serviços:  

"Não tenho nenhuma interferência sobre esse processo a não ser clamar para que o Galeão seja concessionado. É o que venho fazendo desde 2008. A situação dos aeroportos é um atraso muito grande. Infelizmente, o Brasil perdeu muito tempo e seus aeroportos poderiam estar muito mais adequados ao tamanho do país, em função de uma questão ultrapassada por culpa da lógica da gestão. A concessão vai dar flexibilidade e agilidade".

Cabral defendeu as concessões à iniciativa privada como o governo está se dispondo a autorizar. Segundo ele, “toda vez que você sai do regime da lógica de compras do estado e passa para o privado, o Estado passa a ser um parceiro que se beneficia disso e, ao mesmo tempo, tem o papel controlador e regulador, a agilidade é muito maior nos serviços como portos, aeroportos, estradas".  

O governador confirmou que o ex-presidente Luis Inacio Lula da Silva gravará propaganda eleitoral na campanha de reeleição do prefeito do Rio Eduardo Paes.  Além dele, também apoiará a candidatura a presidente Dilma Rousseff. Cabral, no entanto, não revelou a data em que se dará o encontro.  

Tags: candidato, Eleições, outubro, prefeitura, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.