Jornal do Brasil

Terça-feira, 17 de Outubro de 2017

País - Eleições 2012

Erundina diz que está feliz por ter saído da chapa de Haddad em SP

Jornal do Brasil

A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP) disse nesta quarta-feira que está feliz por ter saído da chapa de Fernando Haddad (PT), pré-candidato a prefeito pelo PT, após o acordo feito com o PP, de Paulo Maluf.

"Estou muito tranquila porque, quando a gente faz algo que corresponde ao anseio da sociedade, não tem erro, a gente fica feliz", afirmou a deputada.

"Não serei vice do Haddad", diz Netinho de Paula via Twitter

Após Luiza Erundina desistir de concorrer como vice-prefeita de Fernando Haddad surgiu a possibilidade de uma aliança com o PSB, com a sugestão de um nome para ocupar o lugar de Erundina. Para a parceria, o pré-candidato Netinho de Paula teria que abrir mão de sua candidatura. Porém, Netinho já adiantou via Twitter que não irá desistir de ser prefeito de São Paulo: "Não serei vice do Haddad", postou na rede social.

A desistência de Erundina aconteceu após uma aliança do PT com Paulo Maluf (PP). De acordo com o secretário nacional de organização do PT, Paulo Frateschi, "Existe tanto a possibilidade do PCdoB indicar um nome, como o PSB. O PSB tem preferência nesse caso, eles devem estar discutindo a substituição do nome", disse.

O PSB deixou caminho livre para o PT escolher o novo vice e garantiu apoio durante a campanha. A assessoria de imprensa do partido informou que existe interesse do PT em fazer uma aliança com o PCdoB, assim como com todos os partidos que fazem parte do governo Dilma Roussef.

O PSB ainda mantém a intenção de lançar Netinho como pré-candidato a prefeito de São Paulo e não cogitou apontar um nome como vice de Haddad, informou a assessoria de imprensa do partido. "Não passa por nossa ideia desistir do Netinho, a desistência da Erundina foi uma surpresa", informou. Para o partido, o convite ao cargo de vice-prefeito deve partir do candidato, no caso Fernando Haddad, e não como iniciativa do PSB.

Com Portal Terra

Tags: 2012, Eleições, SP, haddad, prefeituras

Compartilhe: