Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Economia

Construção corta 2,3 mil vagas de trabalho em fevereiro

Jornal do Brasil

O setor da construção civil demitiu 2,3 mil trabalhadores entre janeiro e fevereiro no País. Com isso, a quantidade de pessoas empregadas na área caiu 0,10%, para 2,303 milhões. Já no acumulado dos últimos 12 meses, foram cortadas 94,8 mil vagas, o equivalente a um recuo de 3,95%.

Os dados são da pesquisa realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), com base em informações do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE).

A queda do nível de emprego em fevereiro, após uma ligeira retomada em janeiro, mostra que o ritmo de atividade da construção segue bastante reduzido, comenta o presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto.

"Isso mostra a persistência da retração nos investimentos de longo prazo, à espera de melhor previsibilidade em relação às perspectivas políticas e econômicas", diz.

Em fevereiro, a redução nos postos de trabalho foram registradas nas regiões Norte (-1,90%), Sudeste (-0,19%) e Nordeste (-0,03%). Por sua vez, houve criação de vagas nas regiões Sul (0,43%) e Centro-Oeste (0,42%).

No Sudeste, as quedas se concentraram no Rio de Janeiro (-1,06%) e em São Paulo (-0,09%). Espírito Santo e Minas Gerais tiveram alta de 0,52% e 0,12%, respectivamente.



Compartilhe: