Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

Cultura

Pedro Tagliani e Luiz Mauro Filho tocam no projeto Chapéu Acústico, no RS

Jornal do Brasil

O violonista e guitarrista Pedro Tagliani convida o pianista Luiz Mauro Filho para apresentação em duo, no projeto Chapéu Acústico. O show ocorre na terça-feira (5), às 19h, na Biblioteca Pública do Estado (BPE), e traz composições próprias com raízes na música brasileira e elementos do jazz universal, unidos de forma harmônica e criativa. Para essa apresentação, foram selecionadas músicas compostas em diversas fases da carreira do violinista, assim como interpretações de clássicos da MPB com arranjos. A entrada se dá mediante contribuição espontânea.

Pedro Tagliani

Começou como músico profissional com o grupo Raiz de Pedra, em Porto Alegre, na década de 1980, com o qual gravou quatro CDs, o último com a participação de Egberto Gismonti. A partir do CD solo 'Arvoredo', que contou com a participação do saxofonista austríaco Thomas Kugi, desenvolve seu estilo próprio, sendo considerado um guitarrista brasileiro de destaque no cenário europeu.

No período em que viveu na Alemanha, atuou como guitarrista e violonista, tendo participado em álbuns de visibilidade no cenário europeu. Também foi convidado em festivais de guitarra, como Saitensprünge, Theatron MusikSommer e Munich Summer Jazz Week (Alemanha); Les Automnales de Ballainvilliers, na França, Espanha, Suíça, República Checa, Sérvia, Lituânia, Polônia, entre outros.

Em seu mais recente álbum, 'Ao Vento', apresenta composições autorais com raízes na música brasileira e elementos do jazz universal, "unindo-os de forma harmônica e criativa, que marcam seu estilo pessoal. Tagliani impressiona com sua notável leveza, ritmos intensos e tons elegantes. Com este CD, conseguiu realizar uma obra de arte de guitarra contemporânea da América Latina que pode ser descrita como uma bela obra de referência, atemporal nesse gênero”, segundo a Acoustic Music (2010).

Chapéu Acústico

Idealizado pelo fotógrafo e produtor Marcos Monteiro, o projeto movimenta o Salão Mourisco da BPE com performances de nomes do cenário musical gaúcho, entre instrumentistas de formação jazzística e cantores. A ideia surgiu da vontade de desenvolver atividades musicais sem depender de verba pública ou privada, com a parceria de profissionais dispostos a movimentar a cena artística. A ação se dá sem cobrança de ingresso, usando o chapéu como forma de arrecadação.

SERVIÇO

O quê: Pedro Tagliani e Luiz Mauro Filho | Projeto Chapéu Acústico

Quando: Terça-feira (5), às 19h

Onde: Biblioteca Pública do Estado (Rua Riachuelo, 1190, Centro Histórico, Porto Alegre)

Contribuição espontânea.

Tags: brasil, cultura, grande, rio, sul

Compartilhe: