Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Colunistas - Comunidade em pauta

Imagem de mulher revistada sob olhar de filha resume nível de violação no Jacarezinho

Jornal do BrasilMônica Francisco *

A lógica de atuação nas favelas sempre foi a de máxima estigmatização e criminalização da condição social dos e das que ali vivem. 

Não resta dúvida alguma, após os últimos acontecimentos ainda em andamento no Jacarezinho principalmente, de que não se observa em relação a esta população nenhum traço de respeito republicano por parte das instituições e por uma parcela da sociedade como um todo. 

As imagens de revista a mulheres sob o olhar de seus filhos ainda bem pequenos resumem o nível de violações vividas por essas pessoas. A imagem é a tradução, ou melhor, a síntese do Estado que se tornou hábil em oprimir seus cidadãos e cidadãs mais desafortunados. Qual o impacto desta imagem a longo prazo na vida dessa criança?

Imagem de mulher revistada sob olhar de filha resume nível de violação no Jacarezinho
Imagem de mulher revistada sob olhar de filha resume nível de violação no Jacarezinho

Qual a diferença da infância que vive nestas áreas para outras da cidade, e quais os impactos ao longo prazo, e os impactos disso tudo  na saúde da população local?

É um espetáculo de violações, fruto da ambiência caótica, resultado também e principalmente das ações criminosas do ex-governador e seu grupo.

Agora é aguardar o que parece um laboratório de experimentações das ações da Segurança Pública encontrar o seu caminho, não sem a apreensão de que a dinâmica de sete mortes em 10 dias tome um caminho ascendente.

* Colunista, Consultora na ONG Asplande, Pesquisadora e Membro da Rede de Instituições do Borel

Tags: artigo, borel, comunidade, jacarezinho, monica, pauta

Compartilhe: