Jornal do Brasil

Domingo, 24 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Expedição encontra 'peixes mais feios do mundo' na Austrália

Jornal do Brasil

Mais de 100 espécies de peixes raras foram retiradas da zona abissal da Austrália durante uma expedição científica. Até cinco destas podem ser completamente novas, relataram pesquisadores australianos.

No total, durante a viagem de um ano passado, cientistas capturaram no oceano mais de 42 mil peixes e invertebrados a uma profundidade de até 4,8 quilômetros, informou a emissora australiana ABC.

Entre os animais mais interessantes estão o "peixe sem cara", peixe-tripé, peixe-gota, votada em 2013 como "o animal mais feio do mundo", tubarão bioluminescente — com dentes extremamente afiados — e o peixe-lagarta.

Mais de 100 espécies foram retiradas da zona abissal australiana

Os peixes, coletados atualmente, estão sendo analisados por especialistas da Organização de Pesquisa da Comunidade Científica e Industrial (CSIRO, na sigla em inglês) em Hobart, Tasmânia.

John Pogonoski, especialista em peixes da CSIRO, afirmou que das 100 espécies recolhidas cerca de 10% são novas para a Austrália e cerca de 5% podem ser completamente novas para a ciência.

Segundo cientistas, a descoberta demonstra que ainda se sabe muito pouco sobre a vida nas águas abissais da Austrália, especialmente na parte norte e oeste da Austrália.

As condições em águas profundas, em particular falta de luz e de alimento e temperaturas negativas extremas, fazem com que os animais que lá habitam se adaptem e desenvolvam caraterísticas únicas e aspecto incomum.

>> Sputnik

Sputnik


Tags: animais, austrália, ciência, descoberta, peixes

Compartilhe: