Jornal do Brasil

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Peixes com chifres aparecem em rio da Sibéria

Sputnik

Um morador da Sibéria capturou dois lúcios (peixes de água doce) com chifres no rio russo de Irtysh. Não se importando com a aparência dos animais, o pescador russo cozinhou e comeu os peixes.

Segundo reporta a mídia local, que divulgou as imagens, os peixes foram achados por Aleksei Volkov, residente da região siberiana de Omsk.

De acordo com várias teorias, a razão deste fenômeno é o despejo no rio de combustível de foguetes lançados do cosmódromo russo de Baikonur — localizado no Cazaquistão, país limítrofe com a região russa de Omsk.

Ao mesmo tempo, o jornal britânico The Daily Mail considera que o peixe capturado como um "mutante radioativo de chifres que se originou devido a testes nucleares de Vladimir Putin".

​Radiação teria criado peixe com chifres
​Radiação teria criado peixe com chifres

Não obstante, o pescador russo cozinhou e comeu os peixes não prestando muita atenção à sua aparência. Quanto às cabeças com chifres dos "lúcios dragões", o pescador decidiu secá-las e guardá-las em sua garagem.

Segundo destaca o biólogo Arcadi Balushkin do Instituto Zoológico da Academia de Ciências da Rússia ao canal 360, esta malformação não é originária da radiação."

"Qualquer mudança produzida, devido à influência de sustâncias químicas ou de radiação, não pode fazer com que esta espécie obtenha chifres. Em qualquer caso, o lúcio continua sendo lúcio. Pode ter um tumor ou algo parecido. Mas é obvio que não pode ter chifres", concluiu.

Anteriormente, um grupo de biólogos marinhos descobriu um "tubarão alienígena" perto da costa da cidade taiwanesa de Taitung.

>> Sputnik

Tags: dragão, mutante, omsk, peixes, pescadores, radiação, rússia, sibéria

Compartilhe: