Jornal do Brasil

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

Ciência e Tecnologia

Especialista dá dicas para evitar a Hepatite A

Jornal do Brasil

Calor, praia e carnaval. Enquanto essa combinação pode ser ideal para a diversão, ela também esconde riscos altos de contaminação através dos alimentos. Exigir fiscalização e cuidados são  os primeiros passos para evitar a proliferação de infecções.

“Há uma grande oferta de alimentos caseiros ou artesanais nas ruas e praias da cidade. Muitos ambulantes, barracas e até mesmo porta malas de carros comercializam salgados, refeições, drinks e doces feitos em casa. O perigo está na falta de informação e conhecimento quanto à higiene e segurança alimentar de quem produz esses alimentos”, afirma Milene Tiellet, sócia e nutricionista da Alimentar Consultoria, empresa especializada em assessoria para bares e restaurantes.

No Vidigal, comunidade da Zona Sul do Rio, o consumo de produtos de procedência duvidosa teve como consequência um surto de Hepatite A. A especialista fez questão de ressaltar o cuidado com que deve ser tratado este assunto: “a doença é transmitida por água e alimentos contaminados. Muitos ambulantes das praias da Zona Sul do Rio são da comunidade e utilizam gelo feito com essa água contaminada, preparam salgados, doces e sanduíches naturais com ela”, destaca.

Além de hepatite, outras doenças que podem ser adquiridas pelo mesmo consumo de alimentos impróprios são eles: toxoplasmose e leptospirose. "Por isso, prefira alimentos de estabelecimentos comerciais e industrializados que são fiscalizados pelos órgãos competentes e seguem normas e procedimentos de segurança alimentar para garantir a saúde do consumidor”, aconselha a especialista.

Tags: ciencia, cuidados, hepatite, saúde, tecnologia

Compartilhe: