Jornal do Brasil

Quinta-feira, 26 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Economia - Balcão de Emprego

A Arte Gerando Renda profissionalizará jovens e adultos na Piedade

Oficinas de dez semanas estão com 300 vagas abertas  para trabalhar na folia

Jornal do Brasil

Após profissionalizar mais de 400 pessoas entre 2014 e 2016 no Complexo da Maré e Piedade, o projeto “A Arte Gerando Renda” – iniciativa da ONG Favela Mundo – abre inscrições para 300 vagas em cursos de capacitação profissional voltados ao carnaval, estética e artes cênicas (maquiagem social, maquiagem artística, decoração de unhas, fantasias e adereços, artesanato e grafite).  

O polo do projeto na Piedade - que também está sendo realizado na Rocinha esse semestre - conta com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura, LAMSA e MetrôRio, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS e apoio do Instituto Invepar, será realizado na Rocinha e em Piedade. As inscrições estão abertas até o preenchimento das vagas. As aulas começarão no dia 31 de julho, mas receberá inscrições até o dia 10 de agosto.

A Arte Gerando Renda – indicada ao Prêmio Marketing Best de Sustentabilidade 2015 - foi criada para gerar oportunidades para moradores de favelas que têm acesso a escolas de samba e muita vontade de trabalhar com arte, porém não possuem conhecimentos básicos para exercerem funções nas agremiações. Cada curso tem a duração de dez semanas, com aulas semanais. O projeto que durará de 1 de julho a 23 de dezembro, será dividido em dois módulos, o primeiro de julho a outubro e o segundo de outubro a dezembro. Ao final os participantes receberão certificado e poderão estagiar em barracões de escolas de samba e produções teatrais.

“Nosso maior objetivo é capacitar jovens e adultos dessa região que tem uma demanda muito grande por mão de obra capacitada para o carnaval. Estamos retornando para a Piedade, e é um grande prazer. Já estivemos lá em 2016, os alunos gostaram tanto, que fizeram até abaixo-assinado para a nossa volta”, afirma Marcelo Andriotti, diretor da ONG Favela Mundo.

Segundo Marcelo, a ONG espera repetir o sucesso das edições anteriores. “Muitos dos nossos ex-alunos trabalham atualmente com Carnaval, em escolas de samba, salões de beleza na Zona Sul e a maioria atualmente trabalha dentro das próprias comunidades, gerando renda de forma autônoma. Nosso intuito é fomentar o empreendedorismo social, a formação de cooperativas e fazer com que, mesmo na crise, eles possam ter formas de ganhar dinheiro sem depender das vagas nas empresas, cada vez mais escassas.”

Serviço

Inscrições – Até o dia 10 de agosto

Início das aulas - 31 de julho

- Informações – 3145-2549 / 3802-5881

- Local das atividades: Rua Torres de Oliveira, 436- Várzea Country Clube, Piedade.



Tags: ações, economia, estados unidos, interncional, mercado, tecnologia, trump

Compartilhe: