Chuva forte fecha linha do metrô e complica trânsito no Rio

A chuva forte que atingiu o Rio de Janeiro provocou o fechamento da linha dois do Metrô. Um cabo de energia da concessionária de energia Light e galhos de árvores arrancados com a força da ventania caíram sobre os trilhos do trem, entre as estações de Vicente de Carvalho e Inhaúma, na zona norte, impossibilitando a passagem dos trens no trecho.

As composições da linha dois estão circulando somente até a Estação Maria da Graça. As estações de Del Castilho até o terminal da Pavuna estão fechadas.

A concessionária Metrô Rio está devolvendo o dinheiro dos bilhetes aos passageiros e aguarda que as equipes de emergência da Light retirem o cabo de energia para a normalizado dos trens da linha dois.

O trânsito é complicado em diversos bairros da cidade devido à chuva no final da tarde.

O Aeroporto internacional Tom Jobim, no Galeão, opera normalmente. Já o Santos Dumont opera com auxílio de instrumentos. Dos 103 voos programados no Tom Jobim, nove atrasaram e quatro foram cancelados. No Santos Dumont, dos 124 voos, quatro atrasaram e 19 foram cancelados.

A Agetrans, agência que regula o transporte sobre triçhos, emitiu a seguinte nota oficial:

"Em função da queda de um cabo de energia na estação Vicente de Carvalho do metrô hoje (01/02), por volta das 17h30, o tráfego da Linha 2 está sendo realizado apenas entre as estações Botafogo e Maria da Graça. O incidente, detectado pelo Centro de Monitoramento de Concessionárias da Agetransp, está sendo apurado pela fiscalização da Agência. A Agetransp já instaurou processo sobre o ocorrido".