Inpe divulga imagens que mostram detalhes da destruição na Região Serrana do Rio

A Defesa Civil do Rio de Janeiro está recebendo imagens de satélite da Região Serrana processadas pelos técnicos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Foram concluídos, nesta semana, o processamento e a análise de um conjunto de aproximadamente 50 imagens que permitem mostrar detalhes dos deslizamentos causados pelas chuvas de janeiro. 

O INPE iniciou o trabalho de analisar dados de satélites poucos dias após a tragédia na Região Serrana. Um lote de imagens de média resolução já foi entregue à Defesa Civil. De alta resolução, porém, são as primeiras e devem orientar o trabalho de campo da Defesa Civil.

Estas imagens, do satélite GeoEye, foram obtidas por meio do International Charter Space and Major Disasters, um consórcio de instituições e agências espaciais do mundo todo, do qual faz parte o INPE, para auxílio a países afetados por desastres naturais.