Falsa policial é presa por suspeita de desvio de doações da Região Serrana

Teresópolis - Uma mulher de 27 anos foi detida no final da manhã deste sábado, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, suspeita de se fazer passar por delegada de polícia. De acordo com informações da assessoria de imprensa da prefeitura, a intenção era desviar doações das vítimas da catástrofe de semana passada.

As investigações da polícia apuraram que a suspeita, com iniciais do nome V.C.D.S., comparecia a abrigos da cidade dizendo-se policial e dando ordens sobre como deveria ser feita a distribuição de donativos. As diligências apuraram ainda que nenhum donativo chegou a ser desviado.

A mulher, que reside no Rio de Janeiro, foi liberada e responderá processo por usurpação de função pública, como informou a prefeitura de Teresópolis. A pena para o crime é de três meses a dois anos de prisão e multa. A suspeita já tinha passagem pela polícia por estelionato e furto.

Chuvas na Região Serrana

As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.