DO publica decreto de luto oficial em todo o país por morte de crianças

BRASÍLIA - O Diário Oficial da União publica nesta sexta-feira o decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff declarando luto oficial em todo o país, por três dias, a partir de hoje. A medida é um sinal de pesar pelas vítimas da tragédia na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro.

O ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, entrou na escola e atirou contra estudantes e funcionários. No total, 13 pessoas morreram, incluindo ele, que se matou ao ser ferido por policiais.

A tragédia fez com que a presidente encurtasse a cerimônia em que comemorava a marca de 1 milhão de empreendedores inscritos no Programa Microempreendedor Individual, ontem, no Palácio do Planalto.

Emocionada, a presidenta pediu um minuto de silêncio antes de encerrar o evento e chegou a embargar a voz ao falar das crianças assassinadas, a quem se referiu como “esses brasileirinhos que foram retirados tão cedo da vida”.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito Eduardo Paes também decretaram luto oficial de sete dias pela morte das crianças.