Tragédia em Realengo: homem resgatou vítima de tiroteio ensanguentada na rua

A rotina de José Marques, 28 anos, teve uma reviravolta na manhã desta quinta-feira quando ele passava pela rua Gal. Bernardino de Mattos, nas proximidades da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, zona oeste do Rio. Marques tinha recém saído de casa e se dirigia a uma entrevista de emprego quando se deparou com uma menina vestindo uniforme de escola e andando ensanguentada. "Não pensei duas vezes, coloquei a criança dentro de meu carro e a trouxe para o (hospital) Albert Schweitzer".

Assim que levou Renata Gomes para o carro, Marques orientou que a menina ligasse para seus pais para contar o que havia acontecido. "Eu pedi que ela ficasse calma e disse que tudo iria dar certo", afirmou. Marques afirmou que não viu em que local do corpo a menina foi atingida. "Eu quero esquecer a cena. O que importa é que ela está bem e medicada", afirmou em frente ao hospital. Ele disse ainda que não quer ser considerado um herói, pois o que fez é um dever de qualquer cidadão.