Pianista Clélia Iruzun faz duas estreias mundiais no Rio

Uma das mais importantes pianistas brasileiras da atualidade a pianista carioca Clélia Iruzun já chegou ao Rio de Janeiro para uma única apresentação. O recital será dia 13 de julho, às 20h, na Sala Cecília Meireles,quando interpretará um belíssimo programa com o Andante e Variações em Fá menor HOB XVII de Joseph Haydn, a Fantasia Wanderer Op.15 de Franz Schubert, a Balada No.3 Op. 47 de Frédéric Chopin,

Canción y Danza No. 7 de Frederico Mompou, a estréia no Brasil de  Reminiscences of Childhood Op. 54 do compositor britânico Nimrod Borenstein e a estréia no Brasil da Toccata da Sonata sobre um Tema de Bartok, do compositor brasileiro Marlos Nobre. 

Logo após o recital será realizado o lançamento do recente CD da pianista “Frederico Mompou – obras escolhidas – Volume II”, que completará o sucesso obtido com sua gravação do Volume I , com obras do compositor catalão. A recepção da crítica internacional ao trabalho da pianista Clélia Iruzun é excelente, basta citar o Gramophone Magazine que traduziu em suas linhas “A gravação de Clélia é um tesouro de infinitas variações”.

A pianista reside há algumas décadas em Londres, onde estudou na Royal Academy of Music,da capital londrina, cidade onde é muito atuante, além de constantemente fazer turnês com grupos estrangeiros.