Música na Jornada Mundial da Juventude

A Série Música no Museu participará da programação cultural da Jornada Mundial da Juventude, com a devida aprovação da Arquidiocese do Rio de Janeiro, neste julho de 2013, apresentando somente músicos jovens e também o acordeonista italiano Vince Abbraciante. A abertura será hoje, às 18h30, na Igreja Santa Cruz dos Militares com o recital da organista Domitila Ballesteros.

Há 15 anos, quando foram realizados os primeiros concertos da série, a filosofia era e continua sendo a de oferecer espaço aos jovens que iniciam suas carreiras e precisam de espaços para tocar. Da mesma forma promove concertos com nomes de expressão no cenário musical da cidade. Para se ter ideia, em 2008 foram realizados 503 concertos, em 2009 um recorde com 532 eventos. No ano de 2010, o total foi de 502 concertos, em 2011 os eventos foram 400 e, no ano passado, em 2012, 450 concertos. A série também realiza anualmente, o Concurso para Jovens Músicos, em parceria com a James Madison University, tendo como prêmio principal uma bolsa no valor de U$105 mil, exatamente cento e cinco mil dólares.

O lado social também está representado com a parceria com a Ação Social pela Música, e a participação das  orquestras das comunidades pacificadas. Concertos também são realizados na versão internacional da série, que no próximo dia 31, apresentará o pianista Arthur Villar no Palácio Foz, em Lisboa. No Rio de Janeiro, 35 concertos estão programados, e o segredo da série é o público fiel que lota todos os eventos sob a batuta do seu criador, Sergio da Costa e Silva, o que naturalmente tem o BRAVO da coluna.