Volta às aulas: como se organizar bem 

A volta às aulas no segundo semestre do ano letivo tem um caráter diferenciado. Os cursos entram na reta final, e é o momento de definição da situação do aluno, ao mesmo tempo que já se iniciam as expectativas e a preparação para o próximo ano. Nesse momento é importante revisar os planos e identificar as principais dificuldades: trabalhar os pontos fracos e fortalecer os pontos fortes. 

Para os alunos, a fase de adaptação já passou, existe um entrosamento entre colegas e professores, e é possível avaliar com maior precisão as principais dificuldades. As férias serviram para a última relaxada, e agora é força total para levar em frente os planos traçados. Para quem está no terceiro ano do ensino médio, o momento é ainda mais delicado, e para alguns chega até o desespero... o tempo de escolha se esgota e chega o momento da decisão. As inscrições para os grandes vestibulares públicos começam em agosto. Nas faculdades particulares, as provas se iniciam em setembro e outubro. O Enem, no primeiro fim de semana de novembro, abre alas para as principais provas. 

Como se organizar melhor? Minha sugestão é um calendário mensal, que indique o período das inscrições dos vestibulares, de que o aluno irá participar, seguido da data das provas. No caminho entre a inscrição e a prova, simulados. Quanto mais, melhor. Técnicas de memorização e relaxamento também são muito bem-vindas. Controlar a ansiedade com atividades físicas é outra boa saída. 

Será que vale a pena fazer cursinho agora? Essa é uma questão muito pessoal, e que cada aluno deve avaliar tendo presente sua própria rotina e as condições. Muitas escolas usam o segundo semestre para revisão dos conteúdos do ensino médio. Então, se dedicar-se no colégio pode ser uma opção melhor e mais econômica. Lembrando que concluir o ensino médio é o objetivo primeiro e passar no vestibular uma consequência do seu preparo. 

Para os pais, é um momento igualmente difícil. A ansiedade de ver o filho (a) fazendo escolhas remete ao momento em que ele mesmo viveu, somando a angústia de estarmos em um tempo bem diferente e com o mercado  de trabalho ainda mais exigente. 

Por isso, aproveite o final de férias e escreva tudo o que deseja para concluir bem 2012 e encaminhar seus sonhos em 2013. Compartilhe com sua família e amigos e prepare-se para as surpresas: boas e ruins. Ainda dá tempo de colocar em ordem aquilo que não se fez, escolher o que não se escolheu e lutar para 2012 ser um ano de sucesso. Boas escolhas! 

*Letícia Bechara é pedagoga e coordenadora de relacionamento da Trevisan Escola de Negócios.