Prefeitura fecha o cerco para taxistas que fixam preço antes de corrida

A Prefeitura do Rio de Janeiro emitiu um comunicado oficial na tarde desta quinta-feira condenando a ação do "tiro" entre taxistas que atendem ao público do Rock in Rio. Na nota divulgada pela Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro, a entidade prometeu punir devidamente os profissionais que negociarem o preço de uma corrida com o passageiro sem a utilização do taxímetro.

Segundo o comunicado divulgado nesta quinta-feira, os taxistas flagrados utilizando a prática do "tiro" sofrerão punições administrativas de acordo com cada caso - o castigo máximo para os motoristas será a cassação da autonomia do permissionário para a prática da profissão junto à Prefeitura da capital fluminense.

Para flagrar a prática ilegal, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) posicionará fiscais nos principais acessos ao Parque Olímpico Cidade do Rock, local da realização do festival, e também nos terminais Alvorada, Autódromo e Via Parque. De acordo com a nota, 30 taxistas já perderam as permissões nos últimos meses por conta da prática ilegal.

Com o objetivo de aumentar a eficiência na fiscalização, a Secretaria pediu a colaboração dos passageiros por meio de denúncia. Para impedir o ato ilegal, os clientes poderão procurar o agente de trânsito ou o policial mais próximo do local da abordagem. Outro meio também de coibir o "tiro" é denunciar, com o máximo de informações possíveis (como placa e registro) o motorista para a Central de Teleatendimento da Prefeitura, no número 1746.

Para evitar maiores problemas entre os usuários, a Prefeitura do Rio de Janeiro afirmou que a melhor forma de transporte para a Cidade do Rock ocorre por meio da utilização das linhas de ônibus fechadas para o evento.

Rock in Rio 4

Considerado um dos maiores festivais do mundo, o Rock in Rio cresceu, deixou o Brasil, mas retorna ao País em 2011 em sua quarta edição.

A festa da música começou na sexta-feira (23) com nomes renomados da música pop. No Palco Mundo, cantam Claudia Leitte, Katy Perry, Elton John e Rihanna. No sábado (24), foi a vez do rock pop de NX Zero, Stone Sour, Capital Inicial, Snow Patrol e do Red Hot Chili Peppers que agitaram o público.

Fechando o primeiro fim de semana do Rock in Rio 4, muito metal e peso com Glória, Coheed and Cambria, Motörhead, Slipknot e Metallica, no domingo (25).

A segunda bateria de shows começa nesta quinta-feira (29), com clima dançante e muito soul de Janelle Monáe, Kesha, Jamiroquai e o veterano Stevie Wonder. O pop novamente é convocado na sexta-feira (30) ao som de Ivete Sangalo, Lenny Kravitz e Shakira.

No sábado (1º), o Maná, Maroon 5 e o Coldplay se revezam com os brasileiros do Skank e o cantor Frejat no palco mundo. A despedida do Rock in Rio 4 fica com Pitty, Evanescence, System of a Down e Guns N'Roses.