Rockeiros se rendem ao jazz e blues na Rockstreet

Nem tudo que tem agradado o público na Cidade do Rock é rock in roll. Na Rockstreet, parte construída em homenagem à cidade americana de Nova Orleans, jazz e blues tocados por bandas em três pontos distintos arrastou uma verdadeira multidão para este cantinho que é a grande novidade desta edição.

A New Orleans Jazz Band foi a que reuniu maior número de interessados. Empolgados, muitos acompanhavam com palmas a desenvoltura do grupo, que começou a apresentação cantando e tocando Asa Branca com arranjo em jazz.

"Não conheço a banda, mas não consegui sair daqui. O ritmo é muito gostoso, contagiante. Não sou fã de jazz. Gostou mais de rock mesmo, mas a apresentação destes das bandas de jazz estão um espetáculo à parte",  disse o funcionário Paulo Cesar Ramos, fã do Snow Patrol.

Conhecidos por tocarem músicas de raízes americanas no Brasil, o River Country Trio atraiu a atenção dos argentinos Roberto e Maria Luisa Andreani. "A decisão mais acertada deste festival foi criar este espaço para rock clássico, jazz e blues. É muito importante dar uma diversificada na Cidade do Rock e as bandas convidadas são de altíssima qualidade. Por isso, o sucesso", opinou Roberto.

Realizando um sonho de participar do Rock in Rio, os três integrantes da banda Rock in Family comemoraram o sucesso das apresentações que começaram ontem. O trio, formado por pai, mãe e filha, toca country e clássicos do rock dos anos 50, 60 e 70.