Serviços essenciais já estão sendo restabelecidos no Rio

Informação é do Gabinete de Gestão de Crise do estado

O secretário de estado de Segurança do Rio, general Richard Nunes, disse nesta segunda-feira (28) que serviços essenciais à população do Rio começam a ser restabelecidos. 

O general monitora do Centro Integrando de Comando e Controle (CICC), onde está instalado o Gabinete de Gestão de Crise, o movimento de paralisação dos caminhoneiros no Rio.

Santos Dumont

De acordo com o secretário, já foram abastecidos com combustível o Aeroporto Santos Dumont, o Aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, as frotas das forças de segurança, como polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, além dos caminhões da Companhia de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb), responsável pela coleta de lixo no município do Rio de Janeiro, e dos veículos da Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Cedae), estratégica pelo fornecimento de água para a maioria da população fluminense. Os postos de gasolina também começaram a receber combustíveis.

O Gabinete de Crise é formado pelas Forças Armadas, Força Nacional de Segurança, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar. A Central de Escoltas também acompanhou a saída dos caminhões-tanque da Refinaria Duque de Caxias (Reduc) para abastecer as prefeituras de Niterói, Duque de Caxias, na região metropolitana e de Angra dos Reis, no sul fluminense. Ao todo, foram feitas mais de 170 escoltas de caminhões-tanque, saindo da Reduc.