Calendário de pagamento do funcionalismo sofre alteração com bloqueio de R$ 220 milhões da União

O calendário de pagamentos dos 29% dos servidores ativos, inativos e pensionistas que ainda não receberam os salários e vencimentos de janeiro foi alterado, devido ao bloqueio de R$ 220 milhões nas contas do Governo do Estado do Rio de Janeiro que ocorrerá até amanhã, dia 23/02.  

Ao todo, serão dois bloqueios da União pelo não pagamento da dívida. O de R$ 174 milhões acontecerá nesta quinta-feira e o de R$ 46 milhões ocorreu na última terça-feira (21/02), e comprometerão o fluxo de pagamento dos salários de janeiro. Os valores bloqueados representam o que o Estado deixou de pagar de dívida com a União e é execução de contragarantia. 

A primeira parcela de R$ 577 está garantida e já foi paga hoje, de acordo com o calendário inicialmente divulgado. Ressalta-se que, com os pagamentos efetuados desde o dia 14 de fevereiro, a folha encontra-se integralmente quitada para 71,3% dos servidores do Estado do Rio. Também estão quitados 72,9% do valor total da folha líquida de janeiro, de R$ 2,2 bilhões. O calendário divulgado anteriormente já destacava que as datas seriam honradas somente se não houvesse um novo bloqueio nas contas. 

No dia 14 de fevereiro, 10º dia útil, o Estado já havia depositado R$ 920 milhões referentes aos pagamentos integrais dos servidores ativos da Educação; ativos, inativos e pensionistas da Segurança - policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e demais funcionários das secretarias de Segurança e Administração Penitenciária e órgãos vinculados. O pagamento desses servidores ocorreu de acordo com o calendário regular do Estado.