Bloco anima foliões e doadores de sangue na sede do Hemorio

Vem Doar pra Mim alerta a população para a importância das doações

Em sua terceira edição, o bloco Vem Doar pra Mim levou alegria ao Hemorio, no Centro do Rio. Comandados pela bateria da escola-mirim Mangueira do Amanhã, cerca de 500 foliões saíram ontem da Candelária, passaram pela Av. Presidente Vargas e pela Rua Uruguaiana e cruzaram o Campo de Santana para chegar ao hemocentro, na Rua Frei Caneca, 8.  

 Ao som de sambas-enredo clássicos e com muito samba no pé, o bloco reuniu grupos de estudantes de escolas da rede estadual de ensino e outros voluntários à doação de sangue. No Hemorio, foram responsáveis, entre outros doadores, pela coleta de mais de 250 bolsas de sangue, entre 410 comparecimentos. 

– Trazer esse número significativo de voluntários ao Hemorio, justamente nessa semana que antecede o Carnaval, é muito importante para garantir o nosso abastecimento. Melhor ainda que venham tão animados assim – comemorou Simone Fonseca, chefe-responsável pelo setor de Promoção à Doação de Sangue.

 O bloco Vem Doar pra Mim é uma iniciativa do Instituto Masan em parceria com o Hemorio, que busca alertar a população para a importância das doações nesse período. No desfile, foram distribuídos abadás e brindes aos voluntários. A hidratação dos foliões ao longo do cortejo foi garantida pela Cedae. 

– Aproveitei que estava passando pelo centro da cidade e vim doar sangue. Comecei a doar e continuo com esse hábito, porque sei a importância de ser solidário e como essa atitude ajuda muita gente. Por isso, venho com regularidade há mais de 10 anos – disse Valeria Mattos, moradora de Santa Cruz. 

A 14ª edição da campanha Vista a Fantasia da Solidariedade segue até o fim do Carnaval, no dia 1° de março. Para garantir o abastecimento adequado, o Hemorio precisa receber 350 bolsas de sangue diariamente. O hemocentro permanecerá aberto todos os dias de folia, das 7h às 18h. 

Informações 

Para mais informações, o voluntário deve ligar para o Disque Sangue (0800 282 0708), que esclarece dúvidas e informa o endereço das outras 25 unidades de coleta distribuídas pelo Estado do Rio de Janeiro.