Após confusão em reintegração de posse, Jardim Botânico diz ter sido alvo atentado

Durante a noite, cerca de 25 homens encapuzados teriam invadido e rendido funcionários

A direção do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) divulgou nota nesta terça-feira (8) afirmando que o local teria sido alvo de um atentado no setor de Compostagem, em seu Horto Florestal. 

De acordo com nota, uma bomba, provavelmente um coquetel molotov, foi lançada sobre um veículo de serviço. Cerca de 25 homens encapuzados invadiram o setor, renderam o segurança do local e roubaram uma arma, um rádio de comunicação e dois celulares. A invasão teria se estendido até as 3h30 da madrugada desta terça-feira. 

Na segunda-feira, houve confronto entre policiais e moradores da região durante uma ação de reintegração de posse. 

>> Reintegração de posse no Rio tem confronto entre PM e moradores

O Jardim Botânico permanecerá fechado nesta terça-feira (8) para facilitar a investigação da polícia. O JBRJ divulgou ainda um vídeo que seria do atentado, e que foi gravado por câmeras de segurança da instituição. O Boletim de Ocorrência foi feito pelo JBRJ na 15ª DP. 

Veja o vídeo

Veja a nota divulgada pelo Jardim Botânico:

08/11/2016 - Na noite desta segunda-feira, 7/11/2016, por volta das 22h15, o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) foi alvo de um atentado no setor de Compostagem, em seu Horto Florestal. Uma bomba, provavelmente um coquetel molotov, foi lançada sobre um veículo de serviço. Cerca de 25 homens encapuzados invadiram o setor, renderam o segurança do local e roubaram uma arma, um rádio de comunicação e dois celulares. A invasão se estendeu até as 3h30 da madrugada desta terça-feira, 8/11.

Este ato criminoso é mais uma tentativa de chantagem contra o Jardim Botânico e o Poder Público pelo cumprimento, pela Justiça, da reintegração de posse de uma das casas irregularmente construídas no território do Jardim. A ação de reintegração de posse (Processo nº 000486724198740025101) foi ajuizada pela União na década de 80 e o processo transitou em julgado há quase dois anos.

Ontem, durante a reintegração de posse, manifestantes da comunidade do Horto quebraram a canaleta do histórico Aqueduto da Levada, interrompendo a irrigação do Jardim, e atearam fogo na porta do setor de Conservação da Área Verde do Jardim.

Por motivos de segurança, para proteção dos visitantes e do patrimônio público, o Jardim Botânico permanecerá fechado nesta terça-feira, 8/11/2016. A medida visa também a facilitar a investigação da polícia, que recebeu do JBRJ o vídeo do atentado gravado por câmeras de segurança da instituição. O Boletim de Ocorrência foi feito pelo JBRJ na 15ª DP. O Jardim Botânico aguarda agora uma avaliação da Polícia Federal sobre o ocorrido.

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais