Eduardo Paes diz que vai disputar o governo do estado em 2018

Em reunião com prefeito, deputados criticaram marqueteiro da campanha de Pedro Paulo

Prestes a deixar o cargo de prefeito da capital fluminense depois de dois mandatos consecutivos, Eduardo Paes (PMDB) reuniu um grupo de deputados federais, estaduais e vereadores para agradecer pelo apoio na eleição municipal e anunciar que pretende disputar o governo do estado em 2018, de acordo com o jornal O Dia.

No encontro, realizado na última quinta-feira (3) na Gávea Pequena, residência oficial do prefeito, políticos criticaram duramente o marqueteiro Renato Pereira, responsável pela campanha do candidato do PMDB à Prefeitura, deputado federal Pedro Paulo, que foi derrotado no primeiro turno. Vice da chapa, Cidinha Campos (PDT) xingou o publicitário e foi aplaudida pelos presentes.

O prefeito questionou um grupo de 13 deputados estaduais, entre eles o líder do governo, Edson Albertassi (PMDB), se o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) havia discutido com eles o pacote de austeridade. Os parlamentares riram e afirmaram que o governador não procura ninguém, sinalizando que o Palácio Guanabara poderá ter dificuldades para aprovar o pacote na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj).

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais