Hemorio convoca população a doar sangue

Campanha pretende dobrar o número de doadores durante a Paralimpíada

Junto ao início dos Jogos Paralímpicos, o Hemorio convoca a população a participar da campanha inspirada no evento. Com o slogan Eu vou participar dos Jogos. Eu sou Doador na Rio 2016, a ação conta com a participação da para-atleta do arremesso de peso e disco Rosinha dos Santos. 

A campanha busca aumentar o número de voluntários para a doação de sangue diariamente até o fim do período dos Jogos, em 18 de setembro. 

Para Rosinha, participar desta campanha é fazer parte de uma corrente do bem. 

– Para mim, abraçar essa causa é estender a mão para o próximo – disse a para-atleta, patrocinada pelo Instituto Masan, que está disponibilizando um totem personalizado para que os doadores possam tirar fotos no hemocentro e compartilhar em suas redes sociais, incentivando os amigos a aderirem à campanha. 

O Hemorio abastece com sangue e derivados cerca de 180 unidades de saúde conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado. 

– É muito importante que as pessoas compareçam para doar sangue e nos ajude a manter os estoques abastecidos durante o período dos Jogos Paralímpicos. Temos capacidade para receber até 400 doadores por dia – explicou o diretor-geral do Hemorio, Luiz Amorim. 

Doador Rio 2016 

Na 1ª etapa da campanha, os ex-atletas Flávio Canto, Jaqueline Silva e Sandra Pires apoiaram a causa. Os estoques do Hemorio mantiveram-se estáveis e, durante o período da Olimpíada, foram coletadas mais de 2,3 mil bolsas de sangue. O funcionamento será normal durante a Paralimpíada. O salão de doadores funciona diariamente, entre 7h e 18h. O Hemorio fica na Rua Frei Caneca, n° 8, no Centro.