Moradores de Piedade recebem a 97ª Clínica da Família da cidade

Os moradores da Zona Norte ganharam, nesta sexta-feira (02/09), mais um equipamento de saúde: a Clínica da Família Olga Pacheco, em Piedade. A nova unidade, cujo investimento foi de R$ 5,2 milhões, vai beneficiar 18 mil pessoas que residem na comunidade do Morro do Urubu e adjacências. Com essa entrega, a cidade passa a contar com 97 clínicas da família em 60 bairros.

Localizada na Rua Ana Quintão, a clínica terá seis equipes de saúde da família (Solimões, Medeiros, Paranapiacaba, Manuel Corrêa, Cardoso Quintão e Paulo Pires) e três equipes de saúde bucal. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados até o meio-dia. Cada equipe fará, em média, 400 consultas por mês, totalizando 3,2 mil atendimentos mensais. O nome do espaço é uma homenagem à ex-líder comunitária da região.

- A clínica da família resolve 80% dos problemas de saúde que as pessoas têm. Ela cuida do básico e daquelas questões que muitas vezes não tratamos, complica e vira um problemão, fazendo a gente ir parar no hospital. A clínica é justamente para cuidar da saúde das pessoas para que elas possam viver bem e melhor – disse o prefeito Eduardo Paes.

Na nova unidade, os pacientes terão atendimento em consultas individuais e coletivas, visita domiciliar, pré-natal, teste do pezinho, vacinação, curativos, planejamento familiar, vigilância em saúde, e na saúde bucal, além de poderem retirar gratuitamente medicamentos e insumos de uma grade de 208 itens da Atenção Primária.

A clínica possui oito consultórios, salas de procedimentos e coleta, de curativos, de imunização, dos agentes, de saúde bucal, de esterilização, farmácia e almoxarifado, centro de cultura e ideias, sala de saúde da mulher e da criança, acolhimento mãe-bebê, sala de hipertensão e diabetes, além de raio-x e ultrassonografia.

- Esta unidade era esperada pela comunidade do Morro do Urubu há mais de 20 anos. Antes, os moradores tinham que procurar atendimento no Engenho da Rainha, que era o local mais próximo, ou ainda em outros bairros. Com essa nova clínica, completamos a cobertura de saúde desta região - ressaltou o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

A Clínica da Família Olga Pacheco faz parte da Área de Planejamento (AP) 3.2, que abrange os bairros de Abolição, Água Santa, Cachambi, Del Castilho, Encantado, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Engenho Novo, Higienópolis, Inhaúma, Jacaré, Jacarezinho, Lins de Vasconcelos, Maria da Graça, Méier, Piedade, Pilares, Riachuelo, Rocha, Sampaio, São Francisco Xavier, Todos os Santos e Tomás Coelho.

A região já conta com 12 Clínicas da Família, nove Centros Municipais de Saúde (CMS), quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), dois hospitais gerais, um hospital maternidade, um instituto psiquiátrico, uma Policlínica e um Centro Municipal de Reabilitação.

A aposentada Maria da Glória Ferreira de Sousa, de 67 anos, não esconde a alegria com a nova unidade de saúde perto de casa:

- Quando eu precisava de atendimento eu tinha que ir para o posto de saúde do Engenho de Dentro. Agora, com essa clínica facilitou muito e vou poder vir a pé. Estou muito feliz porque vou me consultar com ortopedista e dermatologista, além de pegar remédios para hipertensão e diabetes.

O nome da clínica é uma homenagem à conselheira distrital da saúde e fundadora da Associação de Mulheres e Amigos do Morro do Urubu (AMAMU). Nascida na Bahia, Olga Pacheco colaborou muito para a comunidade que escolheu para criar sua família, o Morro do Urubu. Engajada na luta comunitária, Dona Olga contribuiu com o saneamento básico no território através de mutirões. Mãe de um rapaz com deficiência mental, ela se tornou uma grande ativista na luta em defesa dos direitos das pessoas portadoras de distúrbios mentais. Olga faleceu em fevereiro de 2014.