Detro pune empresa que desrespeita mudanças de ponto no Centro do Rio

Desde sábado, agentes aplicam 28 infrações na Auto Lotação Ingá

O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Transportes, realizou operação especial na empresa Auto Lotação Ingá. A ação foi motivada pela constatação de que a empresa está descumprindo a determinação da Secretaria Municipal de Transportes, que estabeleceu o ponto para as linhas da empresa na rua Marechal Floriano, entre as ruas dos Andradas e do Acre. Desde o último sábado (07/05), quando a mudança de ponto foi implantada, a empresa recebeu 28 multas, no valor de R$ 37.716,52.

Os agentes atuaram nas ruas do Centro do Rio e detectaram ponto irregular das linhas 730D e 731D Castelo – Charitas (via Fonseca), na Rua Visconde de Inhaúma. Além das infrações por parada indevida fora de ponto pré-determinado, a Auto Lotação Ingá recebeu multas referentes a elevador para portadores de deficiência e cinto de segurança de cadeirante com defeito. Um veículo flagrado em mau estado de conservação foi recolhido. A operação segue ao longo da semana.

Segundo o presidente do Detro, Fernando Moraes, o órgão tem atuado de forma contundente na fiscalização no Centro, tentando minimizar os transtornos causados à população pelas obras que visam a implantação do VLT e a revitalização da região central da cidade. 

- Entendemos que nesse momento delicado de transformação pelo qual passa o Rio, principalmente a região do Centro, todos têm que colaborar e estar sintonizados, para amenizar os impactos e o desconforto gerado para a população. O Detro, os demais órgãos do Estado e a Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, vêm trabalhando nesse sentido. As empresas de ônibus também têm que dar sua parcela de contribuição e colaborar com o Poder Público, visando o melhor atendimento possível aos cidadãos. Qualquer empresa que descumprir as normas estabelecidas sofrerá os rigores da lei - ressaltou o presidente do Detro. 

A multa por paradas indevidas fora dos pontos pré-determinados é no valor de R$ 664,49, dobrando em caso de reincidência. Se o problema persistir, o Detro estuda abrir processo para suspensão dos serviços da Auto Lotação Ingá, que opera cinco linhas intermunicipais. A operação segue ao longo da semana.

Denúncias podem ser feitas por meio do telefone da Ouvidoria (21) 3883-4141 ou pelo WhatsApp Fale Detro (21 – 98596-8545).