Canil dos Bombeiros do Rio de Janeiro ganha reforço

Novos cães passam por treinamento para integrar equipe de farejadores

A equipe canina do Corpo de Bombeiros foi ampliada. Chamados de Still e Bell, os cães da raça Pastor Belga Malinois têm apenas cinco meses e já estão em treinamento no canil, na cidade de Magé. Recém-chegados, os animais foram doados por um criador particular com expertise em treinamento de cães de busca e resgate. 

De acordo com o comandante do 2º Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente (GSFMA), tenente-coronel Feliciano Suassuna, os animais devem desenvolver uma boa capacidade olfativa, destreza, segurança, agilidade, concentração, autonomia e capacidade de aprendizagem para se tornarem cães de busca, resgate e salvamento.  

- No período de treinamento, que dura em torno de um ano e meio, o papel do condutor/adestrador é fundamental. Queremos que Still e Bell integrem o grupo de animais do canil da corporação e sejam empregados nas futuras operações do Corpo de Bombeiros - afirmou o tenente-coronel. 

- A corporação dispõe de uma equipe de militares especializados no Curso de Busca, Resgate e Salvamento com Cães. Atualmente, o Corpo de Bombeiros do Rio conta com 11 animais, sendo seis da raça Labrador e cinco da raça Pasto