Termina greve dos carteiros na Baixada Fluminense

Terminou a greve dos carteiros de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, após reunião entre representantes dos Correios e trabalhadores do Centro de Distribuição Domiciliar Centenário, na manhã desta quarta-feira (23), no edifício-sede da empresa, no centro do Rio.

Durante o encontro, ficou  decidido o fim da paralisação iniciada ontem (22) e o retorno ao trabalho na unidade a partir de amanhã (24). Segundo os Correios, em nota, a equipe da unidade será reforçada. "A empresa irá realizar operações especiais para regularizar as entregas na região." A unidade dos Correios atende a cerca de 350 mil pessoas em São João de Meriti.

Os funcionários da unidade dos Correios fizeram uma  manifestação em frente à sede da empresa, antes de serem recebidos pela direção da companhia. Os trabalhadores reivindicavam melhores condições de trabalho, concurso público para preencher o déficit de funcionários e uma solução para o problema da falta de segurança na Baixada Fluminense, onde trabalham.

O vice-presidente do Sintect-RJ, Anísio Gomes disse que a situação da estrutura do prédio é alarmante, com rachaduras nos tetos e nas colunas. "Há o risco de desabar, obviamente. Sem mencionar o excesso de poeira e a existência de apenas um banheiro feminino. Temos muitas colegas de trabalho passando por constrangimentos, tendo que usar o banheiro dos homens”.

A questão da segurança pública é outro fator que preocupa o sindicato. Segundo Gomes, muitos funcionários estão até afastados por conta de traumas psicológicos no trabalho. “Já aconteceu de um funcionário pegar o carro para ir trabalhar, andar 200 metros e ser rendido por criminosos. Precisamos que os Correios voltem a contratar escoltas para nos dar a segurança que precisamos. Desde que as UPPs [Unidades de Polícia Pacificadora] se instalaram na capital, os criminosos estão migrando para outras regiões e aumentando muito o nível de assaltos por aqui”.

Segundo a PM, no primeiro semestre de 2015 foram registrados, em São João de Meriti. 466 casos de roubo de rua, um número bem inferior se comparado ao mesmo período do ano passado. Além disso, o batalhão recebeu, em maio deste ano, o reforço de 50 agentes, redimensionamento o esquema de policiamento, aumentando a segurança na região.

A recomendação dos Correios é que sejam feitos registros das ocorrências nas delegacias, o que vai possibilitar novas estratégias de policiamento para a área do batalhão. Denúncias podem ser feitas também através do Disque Denúncia 2253-1177 e do 190”, segundo nota da Polícia Militar.