Defensoria Pública vai atuar no caso de entregador de pizza morto no Morro da Coroa

O Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado assumiu o caso do entregador de pizza Rafael Camilo Neris, morto a tiros durante operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Morro da Coroa, no Rio Comprido, em 28 de junho. 

A mãe e a viúva do rapaz já se reuniram com os defensores públicos do núcleo, que acompanham as investigações e negociarão com o Estado acordo extrajudicial para indenização à família.