Polícia prende dois por instalação de "chupa-cabras" em banco da Zona Sul

Em ação conjunta, policiais da 12ª DP (Copacabana) e do 19º BPM prenderam em flagrante, na noite desta quarta-feira (24), Antônio Marcelo de Almeida Souza e Gilvan Cordeiro da Silva. Eles responderão por furto mediante fraude e corrupção.

De acordo com a delegada Izabela Santoni, titular da unidade, ontem à noite PMs detiveram Antônio com um "chupa-cabra" saindo de um banco, na Avenida Princesa Isabel. Enquanto era autuado em flagrante, o celular dele tocou e foi autorizado que atendesse a chamada.

"Após atender, o outro preso, Gilvan, pediu para Antonio passar o celular para os PMs e ofereceu R$ 2.500 pela liberdade do comparsa. Fingindo interesse, um dos policiais militares marcou um encontro com Gilvan na esquina da Rua Francisco Otaviano com Avenida Nossa Senhora de Copacabana, no Posto 6, próximo ao Forte de Copacabana", disse a titular.

Ainda segundo a delegada, agentes foram ao local em veículo descaracterizado, junto com a guarnição da PM. Após entregar a quantia combinada aos agentes, Gilvan recebeu voz de prisão e, na delegacia, afirmou que participou da ação no banco com Antônio, mas que fugiu com a chegada da polícia.