Pesquisadores americanos vão filmar documentário na UPP do Borel

A base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP ) do Borel, na Tijuca, recebeu, nesta semana, uma equipe da Universidade de Columbia interessada em produzir um documentário sobre administração pública. O grupo participa do Global Centers, que é uma instituição vinculada à universidade americana. O projeto tem o objetivo de avaliar a integração entre diferentes políticas públicas dentro de um território. No Brasil, o funcionamento da UPP do Morro do Borel foi um dos exemplos selecionados pela produção.

As filmagens serão iniciadas em março e vão registrar os programas sociais desenvolvidos por policiais daquela UPP. Estão previstas filmagens das aulas de reforço escolar, ginástica na terceira idade, futebol, jiu-jitsu e música.

"É gratificante saber que uma das universidades mais importantes do mundo tem interesse em estudar as UPPs, segundo eles próprios, como um caso de sucesso", disse o comandante da unidade, capitão Douglas Ultramar Lima.

O documentário vai avaliar a integração entre diferentes políticas públicas dentro de um território. A ideia é mostrar ainda como a UPP se integra a outros projetos, como o Cartão Família Carioca, o Bolsa Família e o Programa Escolas do Amanhã. Antes de conhecer a base da UPP Borel e o trabalho desenvolvido pelos policiais, a equipe da universidade esteve na quarta-feira (21/01) no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Doutor Antoine Magarinos Torres Filho, localizado na entrada da comunidade. Eles buscaram informações sobre o Programa Escolas do Amanhã desenvolvido no local. A equipe ainda passou pela biblioteca da Firjan situada no Borel.