Avenida Brasil é fechada por causa de novo tiroteio na Maré

A Avenida Brasil foi fechada por volta das 14h40 desta quarta-feira devido a um intenso tiroteio no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas e da Força de Pacificação da Maré foram acionados para reforçar a segurança. Um tanque foi colocado atravessado na Avenida Brasil, altura da Fiocruz, no sentido Zona Oeste, para impedir a passagem de motoristas.

Os motoristas que se deslocam com destino às zonas Norte e Oeste e à Baixada Fluminense devem optar pela Linha Vermelha, onde as condições de tráfego estão melhores.

O tiroteio começou com a chegada de tropas no complexo. Apavorados, alguns motoristas que se destinavam ao subúrbio chegaram a fazer contramão na Avenida Brasil, retornando ao centro.

No fim da noite passada (30), um confronto entre facções rivais chegou a fechar o tráfego na Avenida Brasil. O Complexo da Maré está ocupado por tropas do Exército e dos Fuzileiros Navais desde 5 de abril, quando o governo do estado iniciou o processo de instalação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) na região. O convênio com o Ministério da Defesa para permanência das tropas federais na Maré foi renovado até o fim do ano.

Em relação ao primeiro tiroteio, o Comando da Força de Pacificação informou que, por volta de 23h, ocorreu um confronto entre facções rivais no Conjunto Esperança, na área da Maré. No local, foi encontrado o corpo de um homem, ainda não identificado, aparentando 18 anos.. A Divisão de Homicídios investiga o caso. O efetivo da Força de Pacificação foi reforçado em toda a região.