Desembargadora Helena Cândida recebe Medalha de Honra da Magistratura

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro homenageou nesta segunda-feira, dia 29, a desembargadora Helena Cândida Lisboa Gaede. Ela deixa a magistratura estadual, aos 70 anos, em virtude de aposentadoria compulsória. A desembargadora recebeu das mãos da presidente do TJRJ, desembargadora Leila Mariano, o diploma e a Medalha de Honra da Magistratura Fluminense. A solenidade foi realizada no 5º andar da Lâmina III do TJRJ.

Segundo a presidente do TJ do Rio, a medalha é um reconhecimento pelos serviços prestados à Justiça. A desembargadora Leila Mariano lembrou que a medalha foi instituída em 2008, pelo Órgão Especial, com a finalidade de homenagear os colegas que saem da magistratura em função do implemento da idade estabelecida constitucionalmente.

Ao falar sobre os anos de dedicação da homenageada ao Judiciário do Rio e de sua produtividade, a presidente disse que a desembargadora Helena Cândida começará um novo ciclo de vida. Juízes, desembargadores estaduais e federais, advogados, amigos e familiares prestigiaram a cerimônia de homenagem.

Homenageada ingressou no TJRJ em 1989

Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Rio de Janeiro, a desembargadora Helena Cândida Lisboa Gaede ingressou na Magistratura do Estado do Rio de Janeiro em 11 de janeiro de 1989. Foi promovida, por merecimento, à juíza titular da 2ª Vara Cível Regional de Madureira, na Zona Norte do Rio, em 30 de junho de 1995.

A magistrada assumiu a titularidade da 6ª Vara Empresarial da Comarca da Capital em 1º de abril de 2002 e, em 25 de setembro de 2006, tomou posse como desembargadora do Tribunal de Justiça. Helena Cândida também atuou como defensora pública do Estado do Rio de Janeiro.