Polícia do Rio prende dois suspeitos da morte de parentes de estilista

Dois suspeitos de participação na morte da mãe e da sobrinha do estilista Beto Neves, dono da marca Complexo B, foram presos nesta sexta-feira, no bairro da Fonseca, em Niterói (RJ). Lynete Louback, 65 anos, e Manuella Neves do Carmo, 22 anos, além do noivo dela, Rafany Pinheiro, 23 anos, foram assassinados no final de agosto. 

De acordo com a Polícia Civil, Pablo Jorge de Medeiros e Romero Gil da Rocha confessaram participação no crime. Com eles foi apreendido o celular do namorado da sobrinha do estilista. 

As investigações continuam para localizar o mandante do crime, Michel Salim Faud, ex-marido da irmã do estilista, Rosilene Neves. Segundo as investigações, Romero contratou Pablo, que teria sido o responsável pelas mortes. O crime foi encomendado, segundo a polícia, por Michel.

Entre 2008 e 2013, 40 boletins de ocorrência foram registrados por conflitos familiares e agressões entre Manuela, sua mãe, Rosilene, e o ex-padrasto da jovem.