Polícia do Rio encontra corpo que pode ser de Amarildo 

Fotos circulam pela internet, aumentando apreensão de moradores da região 

Foi encontrado, nesta terça-feira (30), um corpo no valão da Rua do Canal da Rocinha, que pode ser do pedreiro Amarildo de Souza, desparecido desde o dia 14 de julho, após ter sido detido por policiais da UPP da comunidade. Muitas fotos já circulam pela internet, tiradas por moradores da região, apreensivos com a situação. 

Policiais da Delegacia de Homicídios, da Polícia Civil, que faziam uma operação em busca de pistas sobre o paradeiro de Amarildo, encontraram o corpo. O delegado Orlando Zaccone, responsável pela investigação, esteve reunido com o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, o que aumenta a expectativa sobre o caso.

Amarildo foi abordado por policiais da UPP que o teriam confundido com um traficante procurado na Rocinha. Após a detenção, o pedreiro nunca mais foi visto. A polícia, admite que houve um engano, mas afirma que o liberou depois de o mal entendido ter sido desfeito. O sumiço desencadeou uma série de protestos, liderados pela família do rapaz, dentro da comunidade. Nas demais manifestações que acontecem no Rio de Janeiro, a frase "Onde está o Amarildo?" é uma das mais vistas em cartazes.