Metrô culpa Siemens por pane que parou os trens por duas horas

O MetrôRio informou que a perícia técnica para apurar o incidente que ocasionou o desligamento do sistema metroviário ontem, por duas horas, constatou que o problema ocorreu por falha na montagem da estrutura de energia da nova estação Uruguai, sob responsabilidade técnica da Siemens, empresa multinacional com larga experiência em sistemas metroviários.

A companhia diz que a demora no tempo de resposta se deu devido ao incidente ter ocorrido na rede de instalação de energia que alimentará a futura estação Uruguai , ainda não monitorado pelo sistema  do Centro de Controle Operacional (CCO).

Já a Siemens informou que já acionou a empresa contratada para a instalação do cabeamento que teria causado a interrupção das operações do Metrô ontem. "Em estreita colaboração com o MetrôRio, continuamos investigando as causas do ocorrido", disse a Siemens em nota.