Damous critica reação da PM à atuação da OAB nas manifestações

O presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, Wadih Damous, criticou hoje a reação da Polícia Militar do Rio à atuação da OAB nas manifestações. Em nota, Damous repudiou a ação policial.

"A reação da PM à atuação da OAB/RJ nas manifestações é injustificável e merece o meu mais veemente repúdio. Os advogados nada mais fazem do que cumprir com o seu dever: defender a ordem jurídica e enfrentar a arbitrariedade, marca da PM nas manifestações. Tenho notícia de que policiais têm provocado os colegas de forma acintosa. Isso é inadmissível e não nos intimidará. A advocacia enfrentou a ditadura e saberá enfrentar os que dela sentem saudades, armados ou não. Toda a minha solidariedade a esses bravos guerreiros", disse Damous.