RJ: caminhoneiros bloqueiam Via Dutra por quase uma hora em protesto

Um protesto de caminhoneiros deixou a Via Dutra interditada por cerca de uma hora na tarde desta segunda-feira, na altura do município de Barra Mansa (RJ), no quilômetro 274. Segundo a concessionária que administra a estrada, os dois sentidos da via foram interditados, mas apenas caminhões eram barrados. Apesar da lentidão, os demais veículos passavam pelo bloqueio.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o bloqueio começou por volta das 16h10. Policiais negociaram com líderes do movimento, que concordaram em deixar a via e ficar no acostamento. De acordo com a PRF, uma fila da caminhões se formou no acostamento da pista sentido Rio de Janeiro, do quilômetro 276 ao 278. 

A Justiça Federal do Rio de Janeiro concedeu uma liminar proibindo, em todo o Brasil, interdições de vias federais, com pena de multa aos responsáveis e autorizando a PRF a agir caso fosse necessária a desobstrução das rodovias. 

De acordo com a concessionária, o protesto gerou lentidão na via, que, às 16h30, 20 minutos depois de bloqueada, tinha um engarrafamento de dois quilômetros no sentido Rio de Janeiro e de dois quilômetros e meio no sentido São Paulo.

Um caminhoneiro que participava do protesto foi preso, por porte de ilegal de armas. Apesar da prisão, até as 17h40, o protesto era pacífico, segundo a PRF. 

Na BR-040, outro grupo de caminhoneiros ocupou o acostamento da pista, também em protesto por melhorias da categoria. De acordo com a PRF, a manifestação começou por volta das 7h, e, até às 17h40, continuava ocorrendo. 

Segundo a polícia, os motoristas não interditaram o trânsito na via e tentam convencer outros caminhoneiros que passam pela região a se juntar à manifestação.