UPPs ampliam oferta de atividades esportivas com centro de lutas

A Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Cidade de Deus Quadras será, em breve, a terceira do Estado do Rio a abrigar um Centro de Lutas. A previsão é de que, em abril, a comunidade da Zona Oeste se junte a Andaraí e Fazendinha, que já oferecem aos moradores aulas de judô e jiu-jítsu ministradas por policiais militares. Além dos Centros de Luta, outras 16 UPPs abrem espaço para a prática do esporte.

Na Fazendinha, o Centro de Lutas começou ontem a oferecer cursos. As aulas de judô e jiu-jítsu são coordenadas por três policiais da unidade pacificadora, que há muitos anos participam de competições nestas duas modalidades. A instalação do espaço de Artes Marciais, que iniciou o atendimento de aproximadamente 100 crianças, com idade até 17 anos, foi estimulada pelos bons resultados obtidos nos demais centros e locais dedicados ao esporte de outras comunidades pacificadas.

"Vimos que este projeto tem dado resultado em outras comunidades. Como já somos praticantes das duas modalidades esportivas e sabemos que esta arte inclui disciplina, além de oferecer uma perspectiva de vida diferente a estas crianças, decidimos colocar um centro aqui", afirmou o soldado Felipe Soares, de 27 anos, faixa marrom de judô. 

O Centro de Treinamento deLutas da UPP Fazendinha, também chamado de projeto social Cascagrossinha, é uma parceria do Estado com a Legião da Boa Vontade e empresas privadas. "Meu filho estuda à tarde e ficava a manhã toda sem fazer nada. É uma oportunidade de vida melhor para essas crianças", disse a a revendedora de roupas Dulcinéia Honório, mãe de Ryan, de 6 anos.