Moradores do Alemão ganham noite de observação dos astros

Com o objetivo de difundir conhecimentos científicos e estimular o interesse pela astronomia entre os moradores do Complexo do Alemão, a Fundação Planetário instalou, em frente à estação Itararé, um moderno telescópio para observação do céu noturno. O evento, que faz parte do projeto Luneta na Laje, contou com a presença de dois astrônomos da fundação e ainda ofereceu atividades para crianças, como jogos com perguntas científicas e experimentos.

"Queremos realizar a inclusão social através da ciência. A ideia é aproximar o Planetário da população carioca, incentivando o interesse pela astronomia, que além de encantar as pessoas também abre os horizontes e estimula o raciocínio", explicou o idealizador do projeto e presidente da Fundação Planetário, Celso Cunha.

Os moradores puderam observar através do telescópio os corpos celestes que estavam mais visíveis durante a noite: a Constelação de Órion – cujo cinturão é formado pelas famosas estrelas Três Marias – e duas luas de Júpiter.

Vidigal é a próxima parada do projeto

 O primeiro projeto Luneta na Laje aconteceu em 2010, no Morro Santa Marta. A próxima comunidade pacificada a receber a visita da Fundação Planetário será o Vidigal: