Chuva forte coloca vários pontos do Rio de Janeiro em atenção

Estágio de atenção é 2º nível em escala meteorológica que vai até quatro

A chuva que cai no Rio de Janeiro desde o início da tarde desta terça-feira colocou alguns pontos da capital fluminense em estágio de atenção, depois de 18 dias de tempo seco, sem chuvas fortes, com altas temperaturas e com a sensação térmica beirando os 50°C.

O Centro de Operações da prefeitura do Rio informou em boletim que as bacias de Jacarepaguá (bairros da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá e adjacências) e a região da zona sul estão em estágio de atenção desde as 17h29 em função da aproximação de áreas de instabilidade vindas da Baixada Fluminense, na zona metropolitana da cidade.

O estágio de atenção é o segundo nível dentro de uma escala meteorológica que vai até quatro e indica a possibilidade real de pancadas de chuva de nível moderado a forte nas próximas horas. A baía de Guanabara está neste nível desde as 16h55, incorporando as áreas do centro, zona norte, Ilha do Governador e Leopoldina.

Áreas do centro da cidade já apresentam pontos de alagamento, como no entorno da avenida Rio Branco, além da avenida Brasil, principal ponto de chegada ao Rio e interligação com outros municípios. O ponto de acesso à ponte Rio-Niterói também já apresenta complicações no tráfego no sentido Niterói, principalmente.

Às 17h50, a estação de trens Central do Brasil, da SuperVia, precisou ser fechada para embarque de passageiros devido a uma falha no fornecimento de energia. O serviço foi restabelecido gradualmente a partir das 18h25 e, às 19h, normalizado.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a maior temperatura registrada nesta terça-feira no Rio de Janeiro foi no bairro da Saúde (37,8°C), na zona portuária. Em alguns pontos da cidade termômetros registraram, porém, temperaturas além dos 40°C, sendo que a sensação térmica ficou na casa dos 44°C.