Mulher foge da blitz da Lei Seca, atropela gari e fere PM

Cristiane Santos Magalhães, de 42 anos, foi presa na madrugada desta sexta-feira (15), acusada de atropelar um gari e ferir um sargento da Polícia Militar em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Ela dirigia um Kia Sportage prateado quando bateu em um carro na Avenida Atlântica, em Copacabana. Cristiane fugiu e o motorista do veículo chamou a polícia.

Logo depois, segundo a rádio CBN, o Kia atropelou o gari Clailton Lopes da Silva, de 40 anos, que fazia a limpeza da Avenida Vieira Souto, em Ipanema, e não parou para socorrer a vítima. Ele passa bem.

Ainda na Avenida Vieira Souto, o retrovisor do carro de Cristiane atingiu o braço de um sargento da Polícia Militar, que fazia uma blitz da Lei Seca, mas ela não parou. Agentes da CET-Rio conseguiram interceptá-la mais adiante.

Agentes da operação disseram que Cristiane apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Na 14ª DP (Leblon), ela foi autuada por lesão corporal e liberada após pagar fiança de R$ 1.200. Cristiane também teve a carteira de habilitação apreendida e terá que pagar multa de R$ 1.915.