SuperVia transportará gratuitamente mais de 10 mil sambistas

Integrantes das escolas de samba Grande Rio, Imperatriz Leopoldinense, Mocidade Independente de Padre Miguel, Inocentes de Belford Roxo e Mangueira terão a ida e volta para os desfiles do Carnaval 2013 garantidos pela SuperVia. A concessionária, que tem estações próximas às quadras das Escolas, firmou parceria com as agremiações para viabilizar o deslocamento dos componentes nos dias 10 e 11, datas dos desfiles do Grupo Especial.

Cada uma das Escolas receberá dois mil bilhetes para a ida e outros dois mil para a volta dos desfiles. Os trens, todos com ar-condicionado, deixarão as estações de origem das escolas e o desembarque acontecerá na estação Central do Brasil. A SuperVia reforçará a segurança nas estações e terá também equipes de limpeza trabalhando durante a festa.

Ainda durante os dias de Carnaval, a SuperVia também disponibilizará trens extras para atender aos foliões. Entre sábado (09/02) e segunda-feira (11/02), os ramais Japeri, Santa Cruz, Belford Roxo e Saracuruna contarão com 54 viagens adicionais com partidas da estação Central do Brasil a cada duas horas durante a madrugada.

Já na terça-feira (12/02), os trens irão circular de acordo com a grade horária dos dias de domingo, com intervalos maiores e trens paradores em todos os ramais. Na quarta-feira de cinzas (13/02), os trens circularão com intervalos menores no período da manhã, exceto os ramais Campo Grande, Saracuruna, Vila Inhomirim, Guapimirim e Paracambi, que circulam normalmente. As linhas Deodoro, Nova Iguaçu, Queimados, Comendador Soares e Nilópolis não circularão.

A concessionária, que será a transportadora oficial das escolas de samba do grupo especial em 2013, abrirá os festejos de início do Carnaval neste sábado, 2 de fevereiro. O Bloco da SuperVia convida os foliões dos cinco ramais para sambar a partir das 12h, no Carnaval na Central.  

A festa será apresentada por David Brazil e contará com show no palco com coreto cenográfico montado na Central do Brasil. De lá, o Bloco da SuperVia, composto  por 40 ritmistas – sendo 10 deles funcionários – seguirá pela Rua Bento Ribeiro até a chegar à Praça Cristiano Otoni, onde o desfile será encerrado. Em seguida, a banda Bala de Coco faz o último show da noite. 

O trajeto no quarteirão da Central do Brasil será animado por carro abre-alas, passistas, pernas de pau fantasiados de trem, porta estandarte e relembrará sambas enredo de sucesso e a marchinha da SuperVia. Idealizado pelo carnavalesco Milton Cunha, o bloco terá a musa da Vila Isabel Quitéria Chagas como rainha de bateria.