Polícia prende envolvidos na morte de vereador em Niterói

Três envolvidos na morte do vereador eleito de Niterói Lúcio Diniz Araújo Martel, conhecido como Lúcio do Nevada (PRP), foram presos esta manhã por policiais civis. Um dos presos é o chefe de gabinete do vereador, Carlos Macedo.

Dezoito equipes espalhadas pelas cidade de Niterói, São Gonçalo e Magé, na Região Metropolitana, e Iguaba Grande e Maricá, na Região dos Lagos, cumprem quatro mandados de prisão e outros de busca e apreensão.

Lúcio do Nevada foi assassinado na porta de casa, no bairro de Santa Bárbara, no dia 25 de outubro, dias após as eleições do ano passado. Ele foi atingido por quatro tiros. 

Segundo testemunhas, Lúcio estava na sua camionete quando foi baleado por ocupantes de um carro Fiat Palio.