Disque-Denúncia oferece R$ 2 mil para solucionar morte de bebê 

O Disque-Denúncia anunciou nesta segunda-feira recompensa de R$ 2 mil a quem prestar informações que ajudem a polícia a prender os suspeitos de matar a bebê Geovanna Vitória de Barros, 1 ano, durante uma tentativa de assalto em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu na última sexta-feira, na rua Nunes Sampaio, quando a mãe da vítima dirigia seu automóvel Fox e foi abordada por bandidos a bordo de um Vectra preto.

Geovanna morreu após levar um tiro no peito. A mãe da criança, Priscila de Barros Firmino, se assustou e acelerou o carro depois de ser abordada por quatro homens no Vectra que emparelhou ao seu lado. Um dos homens atirou e atingiu a menina Geovana Vitória de Barros, que estava em uma cadeirinha no banco do passageiro.

A bala atravessou o corpo da menina e ficou alojada na porta do carro. Geovanna chegou a ser levado pela família para um hospital em Nova Iguaçu, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Quem tiver informações que levem ao esclarecimento do crime deve ligar para o Disque-Denúncia no telefone (21) 2253.1177. O anonimato é garantido.

Família pede justiça

Nesta segunda-feira, a ONG Rio de Paz realizou um protesto na praia de Copacabana em apoio à família de Geovanna. Os manifestantes estenderam uma cruz de 40 metros na areia da praia, espalharam brinquedos e cartazes com a pergunta "Quem matou Geovanna?". Levando fotos da menina, os familiares cobraram justiça.