Disque-Denúncia divulga cartaz de acusadas de agredir idosa 

O Disque-Denúncia divulgou nesta segunda-feira o cartaz das duas mulheres acusadas de agredir uma idosa de 99 anos na zona sul do Rio de Janeiro. A auxiliar de enfermagem Margarida Ferreira, 42 anos, e a cozinheira Maria José de Lacerda, 54 anos, contratadas para cuidar da vítima, foram flagradas cometendo as agressões por uma câmera de vídeo instalada pelo filho da idosa e indiciadas pelo crime de tortura.

O caso veio à tona no último dia 13, quando as imagens das agressões foram exibidas no Fantástico. O vídeo mostra a auxiliar de enfermagem falando ao celular, a cozinheira pintando as unhas e a idosa sentada no sofá. Quando ela tenta se levantar, é agredida pelas duas mulheres, que foram contratadas para cuidar dela. A senhora é puxada pela calça, leva palmadas, uma batida na cara com o travesseiro e chega a cair no chão quando uma das mulheres tenta forçá-la a se sentar em uma cadeira de rodas. Em vez de levantá-la, a cozinheira parece gritar, e deixa-a no chão por sete minutos.

No dia seguinte à divulgação das agressões, o filho da cozinheira disse que a mãe só falaria com o advogado, e o profissional que defendia a auxiliar de enfermagem havia afirmado que faria "o possível para trazer a verdade real". O mandado de prisão foi concedido pela Justiça na sexta-feira - e desde esse dia, nenhuma das duas foi encontrada.

Quem tiver informações que possam levar à prisão de alguma das acusadas pode ligar para o Disque-Denúncia no telefone (21) 2253-1177. Mais informações e detalhes sobre as acusadas podem ser acessadas no site www.procurados.org.br.